Pular para o conteúdo principal

O tempo frio

Nesse climinha do mês de maio, derrepente decidi escrever sobre o frio, o frio que eu tanto amo, que subitamente me remete à minha infância, me traz ótimas recordações, dos dias de sábado com minhas primas, das nossas brincadeiras, das idas pra escola, e de tantos outros momentos inesquecíveis. Não que estas coisas acontecessem apenas no frio, ou no mês de maio, mas vai me entender né ? É nesse tempo que eu começo a me recordar, involuntariamente, de tudo isso. Talvez porque era exatamente a época do ano que me fazia sentir melhor, então é provável que minha mente tenha guardado as lembranças desse período!
No frio as pessoas ficam mais bonitas, mais agradáveis. Você se veste melhor, se sente melhor.
Dá uma vontade enorme de ficar abraçadinha com alguém, dá vontade de abraçar até o carteiro(eu sou suspeita pra falar sobre abraços)!
Dá vontade de sair andando pela rua, com aquele casaco quentinho que eu adoro, escutando minhas músicas favoritas, sem rumo, só sentindo o vento bater no meu rosto.
Seria maravilhoso se todos os dias do ano fossem assim, eu nem ia me importar com praias ou cachoeiras, pra mim bastaria morar no campo, com um chuveiro quente à minha disposição e alguém pra abraçar à noite(um ursão de pelúcia também serve! rs).

Vou correr, já estou em cima da hora da facul!
Beijooooos, e aproveitem bem o frio ;)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfim, ele é tudo

Eu tentei escrever um poema, ou qualquer outra forma de rima que mostrasse o que eu sinto por ele, mas não veio nada, então só me resta dizer um EU TE AMO, assim mesmo, em caixa alta, já que o 'caps lock' está tão famoso por esses dias.
Ele é tudo que eu sempre precisei, tudo que eu sempre quis durante todo esse tempo, é ele quem me completa, me entende, me abraça forte me permitindo sentir as batidas de seu coração.
Só eu sei como eu espero o nosso dia chegar, e como eu torço por nós dois!
Eu te amo A.G. meu anjo, só meu.

"De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, p…

Ilumine-se e deixe-se colorir.

Oh! Chama que destrói Corrói o que é belo Tudo que faz bem Controle suas palavras Minha liberdade Não pertence a ninguém Mas o amor pode chegar Iluminar e colorir Oooooh!...
Quando um coração Está cansado de ver As lágrimas da rosa Ao ver o espinho morrer Mas o carcará foi dizer à rosa Que a luz dos cristais Vem da lua nova e do girassol...
Olhe vá em frente Não se esqueça Liberdade dentro da cabeça E a cabeça fora do que há De mal pra você...
.

Minha liberdade acima de tudo.

Nem sei como começar esse post, talvez dizendo que estou passando por momentos muito tristes.
Sabe quando você deposita todas as suas fichas em algo que você acredita com toda a sua convicção que vai dar certo, e no final não dá? Quem já passou por isso deve saber a dor e a frustração que causa, e quem nunca passou não faz idéia de como entristece.
Pois é, num relacionamento você abre mão de inúmeras coisas, e aprende a aceitar outras, e espera o mesmo da pessoa que está com você. Eu sempre coloquei isso em prática, e sempre deu perfeitamente certo, e deve ser por isso que agora me sinto tão frustrada com minha presente situação.
Abri mão de muitas coisas que eu sabia que não fariam bem ao meu relacionamento, e manti meus amigos e minhas amigas, aqueles de longa data, de infância, amizades que fazem bem. Quando comecei a namorar, deixei bem claro que desses eu não abria mão, e nem do meu tempo com eles, que pra mim é precioso. Porém, os problemas infelizmente não tardaram a surgir, impli…