Pular para o conteúdo principal

Monólogo do pé


Alguém já parou para reparar em si mesmo alguma vez?
O tamanho do nariz, este que crescerá toda a vida... O cabelo! O cabelo todo mundo para para ver, e de tando mexer, muita gente acaba sem ele antes dos 30.
Um dia, parei para reparar meu pé. Ele é pequeno, branquinho, talvez eu devesse expô-lo mais ao sol, ele tem aquela marca da sandália, é como a marquinha do biquíni, e tem até seu charme.
As unhas, gosto com cores claras, por causa da falta de melanina, acho que as escuras fariam a ponta dos dedinhos sobressaírem, e sobre um lençol branco, viraria uma piada dos pontinhos tipo: "o que são 10 pontinhos escuros na cama da Luh?"
Meu pé tem aquelas ruguinhas por causa da articulação, bom, todo pé tem, é uma das poucas partes do corpo que nascem com as marcas.
Ainda bem que o pé não nasce no lugar do rosto, Deus foi sábio até aí.


Não sei quanto aos outros 6 bilhões de pessoas do mundo, mas não subutilizo
meu pé. Em dias de indisposição física, é ele quem apanha algo do chão, desliga a TV, penteia meu cabelo, coça meu nariz, cumprimenta com um belo aperto de pé :) rs
Já prometi meu pé, só falta formalizarmos nosso acordo, portanto, não se apaixonem por ele. haha
O pé é uma parte íntima do nosso corpo e diz muito sobre uma pessoa.

Dado importante, meu pé é cheiroso =).
Há quem o note. há quem goste. há quem até já fez um altar para ele.
De um modo geral, tirando a multi utilidade dele, e tudo que envolva-o à filosofia e as ciências, o acho.... bonitinho :)

Comentários

  1. Luciana os seus escritos são atuais e muito interessantes falam de coisas do dia a dia e que passa desapercebido por nós. Você me perdoe a sua fisionomia não me é estranha mas não consigo lembrar de onde a conheço. Perdoe-me é a idade, afinal caminhando para 50 anos, vamos perdendo a memoria e tendo uma vaga lembrança. Que Deus te abençoe. Pr. Milton Filho

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

(...)

Sabe, é realmente incrível tudo que se passa aqui, os meus pensamentos, meus sentimentos, essas coisas...
Às vezes, ou quase sempre, eu fico tentando achar onde eu errei, talvez por não ter tido coragem de falar tudo isso que eu sempre achei e que sempre senti!
Vivo com a dúvida de não saber o que você sente, e me perguntando se as coisas que você deixa subentendidas são direcionadas à mim, sendo assim, tudo seria tão mais fácil. rs
Sabe, uma das minhas maiores vontades secretas, é provar teu beijo de novo, o teu abraço, sentir de novo teu perfume, que agora é tão raro sentir;
Olhar de novo dentro dos seus olhos, que me dizem tantas coisas, e ao mesmo tempo não me dizem absolutamente nada! rs
Minha maior vontade, é você de novo, e de novo!



Seize the day or die regretting the time you lost
It's empty and cold without you here ♪

Meus amigos

Esses dias eu estava pensando, o que seria da minha vida sem os meus amigos ? Acho que eu me sentiria a pessoa mais solitária do mundo inteiro, sei lá, me bate uma tristeza enorme só de pensar!
Sempre fui de ter muito amigos, igual ao meu pai, e ao contrário da minha mãe, e apesar disso, sempre soube separar o que eu sentia por cada um deles, não tenho o mesmo sentimento por nenhum, amo cada um de formas totalmente diferentes, é meio difícil explicar. hehe :)
Então, hoje me deu uma vontade enoooorme de vir aqui e falar que eu não seria capaz de viver sem eles, ou até poderia ser, mas a minha vida estaria longe de ser completa!
É isso, não vou me estender muito.
Essa postagem tem dedicatória, então vamos lá...

Rafaela C. - Obrigada por ser a minha melhor amiga, chamo assim na falta de algum nome que consiga expressar a sua importância na minha vida. São 12 anos de amizade, onde eu não me arrependi um segundo sequer de te considerar tanto, como sempre considerei, eu amo você!

Mariane - I…

Minha liberdade acima de tudo.

Nem sei como começar esse post, talvez dizendo que estou passando por momentos muito tristes.
Sabe quando você deposita todas as suas fichas em algo que você acredita com toda a sua convicção que vai dar certo, e no final não dá? Quem já passou por isso deve saber a dor e a frustração que causa, e quem nunca passou não faz idéia de como entristece.
Pois é, num relacionamento você abre mão de inúmeras coisas, e aprende a aceitar outras, e espera o mesmo da pessoa que está com você. Eu sempre coloquei isso em prática, e sempre deu perfeitamente certo, e deve ser por isso que agora me sinto tão frustrada com minha presente situação.
Abri mão de muitas coisas que eu sabia que não fariam bem ao meu relacionamento, e manti meus amigos e minhas amigas, aqueles de longa data, de infância, amizades que fazem bem. Quando comecei a namorar, deixei bem claro que desses eu não abria mão, e nem do meu tempo com eles, que pra mim é precioso. Porém, os problemas infelizmente não tardaram a surgir, impli…